Bem vindos!

O objetivo deste blog é compartilhar com toda comunidade os projetos pedagógicos desenvolvidos, calendário das atividades que acontecem na nossa escola, além de outras informações. E mais! O quanto profissionais e alunos interagem na busca de uma educação de qualidade na nossa cidade!





quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Mostra literária afro brasileira

Pessoal,
A turma 12B, 2 ano do ensino fundamental resolveu que com o passeio à mostra literária trabalharia um convite. O convite é um tipo de gênero textual, a turma decidiu confeccionar um, com todas as informações necessárias para que todos soubessem onde iriam, dia, horário, endereço, e o objetivo do passeio.
Um gênero textual é uma forma de expressão textual, produzida por um usuário de uma língua, pode ser um texto literário ou não, ele pode ser geralmente ligado à nossa situação cotidiana, e existe como um mecanismo de organização de nossa atividade sócio-comunicativa do dia-a-dia. São textos que circulam e tem uma função específica e caracteristica própria, alguns exemplos: música, convite, carta ,email, atas, leis, avisos, cartazes, contratos, bulas, anúncio, mensagem e outros mais.
Vejam as fotos do convite da  turma12B para a mostra:






Diante do interesse das crianças por livros que falam da cultura negra, pois desde o ano passado esta turma trabalha este tema, surgiu a idéia de trabalhar com a imagem através da técnica de colagem, a turma foi procurar em revistas pessoas que representam o negro no brasil e no mundo.

A técnica de colagem é juntar na mesma superficie duas ou mais imagens. Como base usamos materiais reaproveitaveis como latas, caixas de suco e potes. Abaixo o resultado do trabalho:
E o mais importante de todo o trabalho é que as crianças desta turma constataram que é "mais dificil de achar" imagens de pessoas negras em revistas, ou seja, constataram um pouco da falta de exploração da cultura negra em um meio de comunicação social.





Você sabia?
Os primeiros artistas a utilizarem essa técnica foram Pablo Picasso e Georges Braque, por volta de 1912. Eles colavam diversos materiais em suas pinturas a óleo. Depois de algum tempo, vários deles começaram a misturar imagens impressas de todo o tipo, desde rótulos até gravuras. Max Ernst fazia criativas colagens a partir de ilustrações de jornais e revistas ou juntando coisas, inventando criaturas e ambientes estranhos.
Fonte: edukbr.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário